Após derrota do Ceará, Argel fala em preconceito e dispara contra arbitragem

O Vozão pode parar na zona de rebaixamento em caso de vitória do Cruzeiro frente ao Grêmio

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 05 (AFI) - Argel Fucks mostrou revolta durante a entrevista coletiva após a derrota para o Corinthians, por 1 a 0, em pleno Castelão, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

O resultado pode levar o time para a zona de rebaixamento, fato que irritou muito o treinador. Ele não poupou críticas à arbitragem e chegou até falar em um possível preconceito a clubes do Nordeste.

"Hoje era pra ter um árbitro FIFA aqui pra apitar um jogo desses. Será que a CBF não poderia mandar um? Certamente, amanhã (Grêmio x Cruzeiro), terá um. Temos que jogar contra a arbitragem. Só tem dois times brigando, Gaciba. Time grande não pode cair? Nem Deus derruba? Ou é preconceito com povo nordestino? Eu sou do Nordeste. A gente vê dois pesos e duas medidas", afirmou o treinador.

Argel Fucks dispara contra árbitro escalado pela CBF - Felipe Santos / cearasc.com
Argel Fucks dispara contra árbitro escalado pela CBF
"Sempre o mais pobre paga mais. O rico nunca acontece nada? Dá para desconfiar a partir do momento que não tem árbitro FIFA. Um bandeirinha FIFA já é alguma coisa. Hoje, nem isso teve", disparou.

COMPLICAÇÃO

A expulsão de Lima, aos 25 minutos do segundo tempo, quando o placar ainda não havia sido mexido, complicou ainda mais os planos do Vovô na busca pelo resultado positivo em Fortaleza.

"A partir do momento que um jogador expulso, principalmente em um jogo como esse, fica mais difícil. O adversário circula a bola e tem o poder do jogo. Mesmo assim, fomos organizados e colocamos duas linhas de quatro", analisou.

"Tive de tirar o Felippe Cardoso e colocar o Chico para ter marcação na direita. Infelizmente, levamos gol na bola aérea. A responsabilidade é coletiva, principalmente minha, pois sou o treinador", completou.

O QUE VEM POR AÍ?

Com novo tropeço no Castelão, o Ceará liga o secador e torce para que o Cruzeiro não vença o Grêmio, em Porto Alegre, nesta quinta-feira. Em caso de resultado positivo da Raposa, o clube nordestino retorna à zona de rebaixamento e passa a depender de combinação de resultados para não retornar à segunda divisão.

Em 16º lugar com 38 pontos, o Vovô encerra participação no Campeonato Brasileiro no domingo, 08, diante do Botafogo, às 16h, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.