Paraibano: Campinense desliga treinador e vai com interino para finalíssima

Equipe rubro-negra foi derrotada, por 2 a 0, pelo Treze, na partida de ida da decisão estadual

por Agência Futebol Interior

Campina Grande, PB, 13 (AFI) - Derrotado, por 2 a 0, pelo Treze, no estádio Amigão, em Campina Grande, na partida de ida da decisão do Campeonato Paraibano, o Campinense, nesta quinta-feira, confirmou a saída do treinador Nei Júnior e do preparador físico Bismarck Colaço. Hélio Cabral, auxiliar técnico rubro-negro, será o interino na finalíssima.

"A diretoria do Campinense, através do seu Presidente executivo, Paulo Gervany, comunica a demissão do técnico Nei Júnior. O preparador Físico Bismarck Colaço também deixa o clube. Hélio Cabral, profissional fixo da casa, comandará a Raposa na segunda e decisiva partida da final do Campeonato Paraibano 2020", escreveu a Raposa nas redes sociais.

Foto: Divulgação - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Os rubro-negros dão sequência à uma atribulada temporada. Afinal, Oliveira Canindé, Ruy Scarpino (que não chegou a se apresentar), Evandro Guimarães (que não estreou) e Hélio Cabral, além de Nei Júnior, chegaram a ter algum tipo de vínculo para ser o treinador raposeiro.

COMO FICOU?
O segunda e decisivo Clássico dos Maiorais acontece no sábado, às 16h, no mesmo local. Cabe destacar que não há vantagem para algum lado - a melhor campanha é apenas mandante no segundo duelo. Portanto, vitória raposeira por dois gols de diferença no segundo confronto leva a decisão do campeão estadual para os pênaltis.