Alagoano: Multicampeão, diretor de futebol deixa o CRB após sete anos

Alarcon Pacheco resolveu encerrar a passagem pelo clube para seguir com novos projetos

por Agência Futebol Interior

Maceió, AL, 29 (AFI) - O CRB-AL vive um momento de processo eleitoral, com data ainda não definida para mês de dezembro. O certo é que, independente de quem assumir a presidência, o clube já tem uma perda importantíssima para a próxima temporada. O diretor de futebol Alarcon Pacheco deixou o clube na manhã dessa quinta-feira, por desgaste e pela vontade de se dedicar a novos projetos.

Alarcon Pacheco um dos diretores de futebol mais vencedores na história do clube alagoano. Em sete anos de trabalho ao lado do presidente Marcos Barbosa, foram cinco títulos estaduais e um título da Copa Maceió, além de dois acessos à Série B do Campeonato Brasileiro.

“Não poderia sair sem agradecer ao presidente Marcos Barbosa, o grande responsável pelo renascimento do CRB. Não tenho palavras que expliquem o quanto foi importante a confiança depositada em meu trabalho e o quanto vou levar de valor toda essa paixão e raça que o presidente enfrenta os desafios”, disse o diretor ao FI.

O trabalho de Alarcon começou no meio do ano de 2011, quando assumiu o clube ao lado do presidente Marcos Barbosa, em um dos momentos mais delicados da história. Logo em seu primeiro ano, no entanto, o diretor de futebol conquistou o vice-campeonato da Série C do Brasileiro e o acesso à Série B após longos três anos.

Alarcon Pacheco deixou o CRB após sete anos.
Alarcon Pacheco deixou o CRB após sete anos.
“Juntos pegamos um desafio que muitos nos diziam ser impossível de superar, mas hoje posso saber de cabeça erguida, superamos com muitos méritos a missão que nos foi dada. Quero agradecer do fundo do meu coração a Nação Regatiana, que nos momentos mas difíceis e complicadas nunca nos abandonou. Muito obrigado para todos que fazem e fizeram parte do clube ao longo desses anos”, afirmou.

TRAJETÓRIA
Ao longo dos sete anos no Galo, o diretor de futebol conquistou o primeiro estadual no clube no ano seguinte de sua chegada. Em 2012, no centenário do clube, foi campeão estadual após dez anos de jejum, e não parou por ai. No ano seguinte, foi novamente campeão estadual.Em 2014 foi vice-campeão alagoano, mas conquistou outro acesso ao voltar à Série B, além de chegar às quartas de final da Copa do Nordeste.

Em 2015, o Alarcon, juntamente com presidente Marcos Barbosa, conquistou outro estadual e o titulo da Copa Maceió. Depois disso, vem de uma sequência de mais três títulos. Em 2018, foi novamente campeão estadual e teve uma ótima campanha na Série B do Brasileiro, terminando na sétima posição. Em 2017, conquistou mais um título estadual e viu o time ter a maior sequência de jogos invicto na competição, com oito jogos.

 
 
" />