Copa da Coreia do Sul: André Gaspar faz história e coloca Daegu em primeira final

O adversário na grande decisão será o atual campeão do torneio, Ulsan Hyundai, em data a ser definida

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 01 (AFI) - O técnico André Gaspar conquistou mais um feito inédito no futebol asiático ao levar o Daegu à inédita classificação para final da Copa da Coreia do Sul. O feito veio após vitória por 2 a 1, fora de casa, sobre o Jeonnam Dragons. O adversário na decisão será o atual campeão, Ulsan Hyundai, em data a ser definida.

O Daegu chega à última etapa com 100% de aproveitamento e o melhor ataque: em quatro jogos, 16 gols marcados e apenas três sofridos. Nas oitavas de final, aplicou 8 a 0 no Yangpyeong. Na semifinal, a equipe do brasileiro abriu 2 a 0 ainda no primeiro tempo, com Edgar e Dae-Won Kim. O adversário na luta pelo título teve quatro vitórias e uma derrota, marcou oito e sofreu quatro tentos.

“Foi uma partida muito difícil, mas abrimos 2 a 0 na primeira etapa. No segundo tempo, seria normal que eles viessem com tudo para cima da gente, acabamos levando um gol. Graças a Deus, porém, o objetivo foi alcançado”, disse o treinador sul-americano.

O Daegu tem apenas 16 anos de fundação e vai disputar sua primeira final. Nesta temporada, o objetivo é conquistar a FA Cup e se manter na K-League.

“Como o clube nunca chegou à uma final, vamos buscar muito mais. Queremos presentear a torcida com esse título que seria histórico para todos no clube. Sabemos que vamos enfrentar uma equipe forte, a equipe deles está em segundo lugar no Campeonato Coreano. Entretanto, vamos brigar por esse título”, disse André Gaspar.

Copa da Coreia do Sul: André Gaspar faz história e coloca Daegu em primeira final
Copa da Coreia do Sul: André Gaspar faz história e coloca Daegu em primeira final
OUTRO FOCO
Após conquistar a vaga, o foco do treinador é a K-League 1. No próximo domingo, terá uma partida muito importante diante do Seul. Uma vitória elimina o risco de rebaixamento faltando três rodadas. Atualmente, o Daegu ocupa a sétima posição,12 pontos à frente do lanterna e 10 a mais do que o penúltimo.

MITO
O excelente trabalho realizado pelo brasileiro à frente do Daegu tem feito com que o clube quebre tabus e alcance alguns recordes. O 8 a 0 pela Copa da Coreia do Sul foi a maior goleada da história do clube. Na 27ª rodada da K-League, o time venceu por 4 a 2 e quebrou um tabu de nove anos sem vencer o Suwon Bluewings. Além disso, o Seul, segundo maior campeão nacional em pleno Estádio da Copa do Mundo de Seul, perdeu uma invencibilidade de sete anos ante a equipe do brasileiro.

 
 
" />