Time candango surpreende a todos e anuncia técnico campeão da Segundona

Paulo Pereira esteve em Brasília na tarde desta terça-feira para assinar contrato com o novo clube

por Agência Futebol Interior

Brasília, DF, 06 (AFI) - Após flertar com o Comercial e praticamente apalavrar a sua renovação com o Primavera onde recentemente foi campeão do Campeonato Paulista da Segunda Divisão - quarto patamar do futebol do Estado de São Paulo - e iria disputar o Paulista A3 de 2019, o técnico Paulo Pereira surpreendeu a todos e acertou com o Real FC, time da capital nacional e que disputa a elite do Campeonato Candango. Ele está em Brasília onde assinou contrato na tarde desta terça-feira.

O nome do novo comandante, que é irmão do técnico Silas, ex-atacante do São Paulo surge por conta da experiência em busca de uma temporada melhor, após a eliminação precoce no último Candangão, em maio deste ano, quando deixou a competição nas quartas de final. A apresentação de todo o elenco e da nova comissão técnica do Real FC está prevista para o dia 26 de novembro.

Para auxiliar no trabalho dentro da comissão, quem chega com Paulo Pereira ao DF, José Gérson Ramos, ou apenas Gérson. O Real FC do presidente Luiz Felipe Belmonte tem como diretor de futebol, o ex-goleiro Paulo Vitor, que se destacou no Fluminense/RJ. O time candango busca fazer uma boa campanha em 2019 no Candangão, para que possa se garantir como representante do Distrito Federal na Copa do Brasil, Copa Verde e série D do brasileiro de 2020.

Time candango surpreende a todos e anuncia técnico campeão da Segundona
Time candango surpreende a todos e anuncia técnico campeão da Segundona
CURRÍCULO DO COMANDANTE
Paulo Pereira, 53 anos, natural de Campinas SP, iniciou sua carreira como atleta profissional defendendo o Esporte Clube São Bento em 1985. Três anos depois, Paulo estreou pelo Futebol Clube do Porto na divisão principal de Portugal. Durante as cinco temporadas que passou com na agremiação, venceu dois nacionais e três portugueses, além, de dispultar a Champions League e chegar em duas quartas de final com o respectivo clube.

Em 1995, estrou no S. L. Benfica, Série A (Lisboa – Portugal), como zagueiro central. Em 1996 foi transferido para a Itália, onde atuou na equipe do Genova. Além disso, vestiu a camisa de outras diversas equipes mundo afora e do Brasil, principalmente no interior paulista.

Em 2008, Paulo Pereira iniciou a carreira fora dos gramados, onde trabalhou como gerente assistente, diretamente com seu irmão, Silas, ex- futebolista brasileiro e atualmente técnico, com passagens marcantes pelo São Paulo e Avaí. Como assistente técnico, o atual treinador do Real F. C. passou por grandes clubes, como Flamengo e Grêmio, entre outros. Com um extenso conhecimento no futebol, Pereira, além de montar seus elencos, indica jogadores aos plantéis e banco de dados do irmão.

Colaboração - Sérgio Porto - Enviado Especial do Futebol Interior em Brasília

 
 
" />