Santa Cruz-PE x Brusque-SC - Quadricolor quer à final e Cobra Coral sonha com acesso

O time catarinense depende apenas de suas forças para ir à decisão, enquanto os donos da casa precisam de uma combinação de resultados

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 16 (AFI) - A sexta e última rodada do Grupo C da segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série C será disputada de forma completa às 18h, deste domingo (17). Em uma das partidas, Santa Cruz-PE e Brusque-SC se enfrentam com objetivos opostos no Estádio do Arruda, no Recife. Enquanto os donos da casa ainda sonham com o acesso, o Quadricolor está focado em se garantir na grande final da competição.

Atualmente na liderança da chave com nove pontos, o Brusque-SC depende apenas de sí para chegar a decisão. Em caso de vitória, estará garantido, independente do resultado do outro jogo. Já um empate será suficiente, desde que o Vila Nova não vença.

Do outro lado, o Santa Cruz aparece em terceiro com cinco pontos e precisa de uma combinação para ficar com a segunda vaga de acesso da chave. Terá que vencer o Brusque e ainda torcer por um empate entre Vila Nova-GO e Ituano. Caso o time paulista também vença, tudo será decidido nos critérios de desempate.

Santa Cruz-PE e Brusque-SC duelam na última rodada da Série C
Santa Cruz-PE e Brusque-SC duelam na última rodada da Série C
SANTA CRUZ
Focado no tão sonhado acesso, o Santa Cruz não poderá contar com três jogadores para encarar o Brusque. Isso porque, Augusto Potiguar, Perí e Elivelton testaram positivo para Covid-19 na última bateria de exames e estão fora da partida, cumprindo isolamento social e se recuperando dos pequenos sintomas.

Augusto Potiguar e Perí não estavam jogando como titulares do Santa durante a Série C, mas eram substitutos imediatos de Toty e Leonan. No caso de Elivelton, o jogador vem sendo pouco aproveitado e nem estava entre os relacionados na última rodada.

Para a vaga dos laterais Potiguar e Perí, Bileu e Célio Santos devem ser improvisados, caso os titulares precisem ser substituídos durante a partida contra o Brusque. O capitão Danny Morais disse que acredita na classificação, mesmo que ela dependa de uma combinação de resultados, além de ter que vencer o duelo.

"Nós nos colocamos nessa situação, temos que nos preocupar em ganhar, fazer nossa parte. Claro que está tudo aberto, os dois precisam da vitória, então a gente vai se concentrar muito no trabalho, nos detalhes para que a gente possa conseguir o nosso objetivo no jogo e, consequentemente, a classificação".

BRUSQUE
Para a partida, o técnico Jerson Testoni relacionou o Brusque com cinco mudanças em relação à formação que venceu o Ituano. Dois deles, o zagueiro Everton e o atacante Edilson, foram titulares. Neguete, Eliomar e Fio começaram no banco de reservas.

Alemão, Cleyton e Claudinho são as opções para a defesa ao lado de Ianson. Já no ataque, as opções são Jefferson Renan, Denis e Índio. Isso se o treinador mantiver os outros dois titulares, Marco Antônio e Garcez. O técnico do time catarinense garantiu que o time fará um jogo competitivo.

“Agora é focar para buscar essa decisão, que também é importante. Podemos entrar para a história novamente. Como a gente conhece o nosso grupo, tenho certeza que vamos fazer um jogo muito competitivo contra o Santa Cruz, para buscar a vaga na decisão", garantiu o comandante.

Ficha Técnica

Fase
Segunda Fase
Rodada
6ª rodada
Data
17/01/2021
Horário
18h00
Local
Arruda - Recife (PE)
Árbitro
Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ)

Assistentes
Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Diogo Carvalho Silva (RJ)

Cartões Amarelos
Santa Cruz-PE: Leonan
Brusque-SC: Marco Antônio, Rodolfo Potiguar

Gols
Santa Cruz-PE: Pipico 13' 1T, Victor Rangel 32' 1T, William Alves 16' 2T
Brusque-SC: Thiago Alagoano 29' 2T
Santa Cruz-PE
Maycon Cleyton;
Toty, Dannny Morais (Célio Santos), William Alves e Leonan;
Bileu, Paulinho (Tinga), Didira e Chiquinho;
Victor Rangel (Lourenço) e Pipico.
Técnico: Marcelo Martelotte
Brusque-SC
Ruan Carneiro;
João Carlos, Ianson, Alemão e Airton;
Rodolfo Potiguar (Índio), Zé Mateus e Thiago Alagoano;
Garcez (Denis), Marco Antônio (Gustavo Henrique) e Edilson (Jefferson Renan).
Técnico: Jerson Testoni