Vitória 0 x 0 Chapecoense - Chape só empata e perde a chance de reassumir a liderança

Na parte de baixo da tabela, o Vitória chegou ao sexto jogo sem vitória e na zona de rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 17 - Em jogo de duas realidades diferentes na Série B do Campeonato Brasileiro, Vitória e Chapecoense empataram por 0 a 0, no Barradão, em Salvador (BA), pela 35.ª rodada da competição. Quem comemora o resultado é o América-MG, que segue na liderança isolada com 68 pontos.

Com o empate deste sábado, o Vitória chegou ao sexto jogo sem vitória na competição – são quatro derrotas e dois empates. O time baiano chegou aos 39 pontos e segue na zona de rebaixamento, ocupando a 17.ª posição.

Já a Chapecoense perdeu a chance de assumir a liderança do campeonato, permanecendo em segundo lugar com 67 pontos. Tem um ponto a menos que o líder América-MG (68).

PROTESTO NO BARRADÃO
Antes da bola rolar, uma das organizadas do Vitória se concentrou do lado de fora do Barradão para protestar contra o presidente Paulo Carneiro e demais dirigentes. Os torcedores entoaram cantos ofensivos e ainda fizeram ‘enterro simbólico’ de todos os dirigentes.

Chapecoense não levou muitos sustos em campo neste domingo - Márcio Cunha/ACF
Chapecoense não levou muitos sustos em campo neste domingo
PRIMEIRO TEMPO FRACO
Em campo, Vitória e Chapecoense demoraram a engrenar e fizeram um primeiro tempo abaixo do esperado, tendo em vista as pretensões de cada time no campeonato.

O Vitória bem que tentou ficar com a bola nos pés, mas esbarrou na forte marcação da Chapecoense. O time catarinense teve três grandes chances de balançar as redes na capital baiana, mas também não conseguiu tirar o zero do placar.

Aos 34 e 40 minutos, Anselmo Ramon recebeu ótimos passes, mas acabou finalizando pela linha de fundo. Por fim, aos 45 foi a vez de Derlan aparecer de surpresa no campo ofensivo e finalizar forte para ótima defesa do goleiro César, que espalmou para fora da área.

TUDO IGUAL NA BOA TERRA
No segundo tempo a situação do Vitória ficou ainda mais delicada. Antes dos 15 minutos, o técnico Rodrigo Chagas perdeu o atacante Léo Ceará, o lateral-direito Van e o meia Thiago Lopes, todos com problemas físicos.

Melhor para a Chapecoense, que passou a ditar o ritmo do confronto e consequentemente ficou mais próxima do gol. Aos oito minutos, Aylon recebeu cruzamento e cabeceou para ótima defesa de César. Na sequência, Anselmo Ramon chutou cruzado e o goleiro do Vitória defendeu novamente.

No segundo tempo os times fizeram jogo bastante truncado - Márcio Cunha/ACF
No segundo tempo os times fizeram jogo bastante truncado
Esgotado fisicamente, o Vitória teve dificuldades para criar oportunidades, mas ainda assim tentou algumas chances antes do apito final. Aos 37, Marcelinho cobrou falta com perigo e forçou João Ricardo e cair no canto e espalmar para a linha de fundo.

A Chapecoense preferiu esperar os contra-ataques, não soube aproveitar e saiu de campo com a igualdade no placar.

PRÓXIMOS JOGOS
O Vitória volta a campo na quarta-feira, quando visitará o Guarani, às 16 horas, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP). Já a Chapecoense, na quinta-feira receberá a Ponte Preta, às 17h45, na Arena Condá, em Chapecó (SC).

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
35ª rodada
Data
17/01/2021
Horário
16h00
Local
Barradão - Salvador (BA)
Árbitro
Vinicius Furlan (SP)

Assistentes
Alex Ang Ribeiro (SP) e Evandro de Melo Lima (SP)

Cartões Amarelos
Vitória-BA: Thiago Lopes
Chapecoense-SC: Paulinho Moccelin, Derlan

Cartões Vermelhos
Chapecoense-SC: Derlan
Vitória-BA
César;
Van (Léo Morais), Wallace Reis, João Victor e Leocovick;
Lucas Cândido (Dudu), Matheus Frizzo, Fernando Neto, Thiago Lopes (Alisson Farias) e Rafael Carioca (Marcelinho);
Léo Ceará (Samuel).
Técnico: Rodrigo Chagas.
Chapecoense-SC
João Ricardo;
Matheus Ribeiro, Felipe Santana, Derlan e Roberto (Rafael Santos);
William Oliveira, Ronei (Lucas Tocantins) e Denner (Alan Santos);
Aylon (Foguinho), Anselmo Ramon e Paulinho Moccelin (Bruno Silva).
Técnico: Umberto Louzer.