Avaí x Guarani - Uma partida meramente protocolar

Leão buscará a quinta partida sem derrota, enquanto Bugre vem de três derrotas seguidas

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 22 (AFI) - A partida marcada para as 18h30 deste sábado, no Estádio da Ressacada, pela 37ª rodada, não tem muita importância. Isso porque Avaí e Guarani não brigam por mais nada no Campeonato Brasileiro da Série B. As chances de acesso do Leão foram esgotadas com a vitória do Juventude, nesta sexta-feira.

O Avaí buscará a quinta partida sem derrota. Embalado pelos 5 a 2 em cima do Juventude, o clube catarinense soma 52 pontos. Vindo de três derrotas seguidas, sendo a última para o Vitória (2 a 1), e de cinco duelos sem triunfo, o Guarani acumula 48 pontos.

CHEFE VOLTA!
Sem suspensos, o Avaí terá a volta do técnico Claudinei Oliveira, que cumpriu suspensão na rodada passada. Satisfeito com o resultado anterior, o treinador não deverá fazer modificações. Ele segue sem contar com Valdívia (com Covid-19), Capa (cirurgia no joelho), Alan Costa, Foguinho, Jean Martim e Rildo (lesionados).

Avaí recebe o Guarani em casa. (Foto: André Palma Ribeiro / Avaí)
Avaí recebe o Guarani em casa. (Foto: André Palma Ribeiro / Avaí)

O Avaí ainda tem nove jogadores pendurados: Airton, Betão, Bruno Silva, Glédson, Iury, Jean Martim, Pedro Castro, Rildo e Zé Marcos. Após ficar um dia sem treinar em protesto a salários atrasados, o elenco do Avaí trabalhou na esperança de seguir em busca do acesso.

"A nossa maior dificuldade é nós mesmos, a gente acreditar no nosso potencial. (...) A nossa maior dificuldade é a gente saber que pode mais, esse é o grande aprendizado que a gente leva nessa Série B, mesmo assim faltam dois jogos ainda, a gente tem um confronto muito difícil contra o Guarani e depois pegamos o América-MG fora. Esperamos chegar nesse jogo contra o América vivos ainda na competição. Ainda temos chances", disse o lateral-direito Edílson.

MUDANÇAS BUGRINAS!
O técnico Felipe Conceição não poderá contar com Lucas Crispim, expulso na rodada passada, e nem com Bruno Sábio, que recebeu o terceiro cartão amarelo. Rickson deverá pegar a vaga do primeiro, enquanto o ataque segue a indefinição.

Guarani bobeou na reta final. (Foto: Thomaz Marostegan / Guarani)
Guarani bobeou na reta final. (Foto: Thomaz Marostegan / Guarani)

Júnior Todinho e Renanzinho, que volta de quarentena após se recuperar de Covid-19, brigam pela posição. O ataque ainda terá o reforço de Pablo, que volta a sua posição de origem, uma vez que Cristóvam reassume a lateral direita. Ele estava suspenso.

Na lateral esquerda, Eliel deverá pegar o lugar de Erick Daltro. Por fim, Didi e Romércio briga por uma posição no meio-campo. O restante do time não deverá ter modificações.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
37ª rodada
Data
23/01/2021
Horário
18h30
Local
Ressacada - Florianópolis (SC)
Árbitro
Diego Pombo Lopez (BA)

Assistentes
Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Jose Carlos Oliveira dos Santos (BA)

Cartões Amarelos
Avaí-SC: Romulo
Guarani-SP: Marcelo, Eliel

Cartões Vermelhos
Guarani-SP: Wálber
Gols
Avaí-SC: Fagner Alemão 21' 1T, Jonathan 51' 2T
Guarani-SP: Júnior Todinho 8' 2T
Avaí-SC
Glédson;
Edílson, Alemão, Betão e João Lucas;
Ralf (Iury), Pedro Castro e Renato (Jô);
Vinicius Leite (Bruno Silva), Rômulo (Jonathan) e Getúlio.
Técnico: Claudinei Oliveira
Guarani-SP
Gabriel Mesquita;
Pablo (Cristovam), Wálber, Didi e Eliel (Erick Daltro);
Marcelo (Romércio), Rickson e Murilo Rangel;
Júnior Todinho, Renanzinho (Rafael Costa) e Waguininho.
Técnico: Felipe Conceição