Chapecoense 0 x 0 América-MG - Duelo equilibrado com empate sem gols e justo

O empate caiu melhor para o time da casa, agora em terceiro lugar com melhor saldo de gols (5 a 2) e dois jogos a menos

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 25 (AFI) - Na briga direta pelas primeiras posições do Campeonato Brasileiro da Série B, Chapecoense e América-MG fizeram um jogo equilibrado e empataram sem gols, nesta sexta-feira à noite, na Arena Condá, pela 11.ª rodada. Os dois times têm os mesmos 18 pontos.

Mas o empate acabou caindo melhor para o time da casa, agora em terceiro lugar com melhor saldo de gols (5 a 2) e ainda com dois jogos a menos – 9 a 11. O América-MG fica em quinto lugar, porque também tem menor saldo de gols do que a Ponte Preta: 4 a 2.

VEJA MELHORES MOMENTOS DESTE EMPATE JUSTO

COMEÇO MOVIMENTADO
O primeiro tempo foi bastante movimentado. Como de costume, a Chapecoense usou a velocidade para atacar e tentar abrir logo o placar. Paulinho Moccelin disparou pelo lado esquerdo e, dentro da área, bateu cruzado. Mas para fora logo no primeiro minuto.

Mas o América controlava bem a posse de bola e também conseguia chegar com perigo na frente. Aos 10 minutos, Alê recebeu passe na grade área, matou e chutou forte para grande defesa de João Ricardo. Aos 13, Léo Passos chutou rasteiro e João Ricardo encaixou bem.

RITMO MENOR
Depois deste bom começo, o jogo ficou mais disputado, com muitas faltas e empurrões. De repente, o árbitro distribui cinco cartões amarelos para jogadores, além de advertir o inquieto técnico Lisca, do time mineiro.

No segundo tempo, a Chapecoense voltou de novo mais avançada, tentando chegar ao gol na base da pressão. Criou duas boas chances, mas não balançou as redes. Lisca, sentindo o América mais cansado, começou a fazer as substituições.

Chape e América-MG fizeram jogo equilibrado
Chape e América-MG fizeram jogo equilibrado

MAIS TROCAS
Foram duas quase ao mesmo tempo com as entradas de Ademir e Neto Berola, respectivamente, nas vagas de Felipe Azevedo e Léo Passos. No primeiro tempo, com lesão muscular, o atacante Rodolfo já tinha saído para a entrada de Guilherme.

Mas a acomodação mineira parece também ter influído no ritmo catarinense, cada vez menor. O tempo foi passando sem ninguém se arriscar, justificando o empate sem gols.

JOGOS SEGUNDA E TERÇA
Pela 12.ª rodada, a Chapecoense vai atuar fora diante do Paraná, já na próxima terça-feira, em Curitiba (PR). Já na segunda-feira, o América-MG vai até Maceió para enfrentar o CRB.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
11ª rodada
Data
25/09/2020
Horário
19h15
Local
Arena Condá - Chapecó (SC)
Árbitro
Zandick Gondim Alves Júnior (RN)

Assistentes
Jean Márcio dos Santos (RN) e Flávio Gomes Barroca (RN)

Cartões Amarelos
Chapecoense-SC: Anderson Leite, Paulinho Moccelin, Willian Oliveira, Denner
América-MG: Alê, Diego Ferreira, Eduardo Bauermann

Chapecoense-SC
João Ricardo;
Ezequiel, Joílson, Luiz Otávio e Allan Ruschel;
Willian Oliveira, Anderson Leite e Denner (Evandro);
Paulinho Moccelin (Thiago Ribeiro), Anselmo Ramon (Perotti) e Aylon (Bruno Silva).
Técnico: Umberto Louzer
América-MG
Matheus Cavichioli;
Diego Ferreira, Messias, Eduardo Bauermann e Sávio;
Zé Ricardo, Juninho e Alê;
Léo Passos (Neto Berola), Felipe Azevedo (Ademir) e Rodolfo (Guilherme).
Técnico: Lisca