Oeste 0 x 2 Coritiba - Coxa vence fora de casa e mantém perseguição ao Bragantino

Rodrigão - que assumiu a artilharia do nacional com dez gols - e Juan Alano marcaram os gols do duelo, ambos no segundo tempo

por Agência Futebol Interior

Barueri, SP, 19 (AFI) - Mesmo jogando fora de casa, o Coritiba conseguiu embalar a sua terceira vitória consecutiva na Série B do Campeonato Brasileiro para continuar na cola do líder Bragantino. Na noite desta segunda-feira (19), em um dos jogos que abriu a 17ª rodada, o time paranaense visitou e venceu o Oeste, pelo placar de 2 a 0, em plena Arena Barueri. Rodrigão - que assumiu a artilharia do nacional com dez gols - e Juan Alano marcaram os gols do duelo, ambos no segundo tempo.

Com o resultado, o Coritiba chega aos 32 pontos, segue na segunda colocação e mantém uma invisibilidade que já dura oito jogos sem derrota. O time alviverde está a dois pontos do primeiro colocado Bragantino, que tem 34 e também venceu - Criciúma, por 2 a 0 - nesta segunda-feira. Os dois times líderes fazem um duelo direto na próxima rodada. Do outro lado, o time paulista amarga a segunda derrota seguida e segue na parte debaixo da tabela, com 18 pontos, na 15ª colocação.

PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo da partida foi de poucas chances criadas para ambos os lados. As jogadas de maior perigo vieram logo no primeiro minuto de jogo. Após uma saída errada do Oeste, William Matheus ficou com a bola e cruzou rasteiro na área. A zaga não afastou e a bola sobrou para Juan Alano, que mesmo de frente para o gol, acabou furando a finalização e perdendo uma boa chance para o Coritiba.

Coritiba vence Oeste e mantém perseguição ao Bragantino na Série B
Coritiba vence Oeste e mantém perseguição ao Bragantino na Série B
A segunda jogada de perigo do time paranaense veio aos 27 minutos, quando Thiago Lopes soltou o pé de fora da área e obrigou o goleiro Luís Carlos a fazer uma difícil defesa. Na sequência, a bola ficou viva para Rodrigão, que desviou de cabeça, mas mandou a bola por cima do gol. Do outro lado, o Oeste abusou dos cruzamentos na área, mas na maioria das vezes pecou nos últimos passos. Até por conta disso, o placar terminou mesmo empatado.

SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, a qualidade do jogo melhorou bastante e logo aos dez minutos, o Oeste criou a primeira chance do segundo tempo. Matheus Oliveira recebeu na entrada da área, abriu espaço e soltou o pé, mas, bem posicionado, Alex Muralha fez a defesa em dois tempos. Porém a resposta do Coritiba veio em forma de gol. Aos 17, William Matheus cruzou na área e Rodrigão apareceu no segundo pau para tocar de cabeça para o fundo das redes.

Depois disso, o time da casa se mandou ao ataque em busca do empate. Aos 27 minutos, Mazinho fez boa jogada pela esquerda e bateu cruzado da entrada da área. A bola pegou efeito e explodiu na trave do Coritiba antes de sair. Do outro lado, com mais espaço, a equipe visitante foi ao ataque e marcou mais um gol. Aos 36, Juan Alano chutou com precisão para o gol, sem chances para o goleiro adversário. Nos minutos finais, o duelo continuou movimentado, mas o duelo terminou mesmo com a vitória do time paranaense por 2 a 0.


PRÓXIMOS JOGOS

Sem muito tempo para preparação, os dois times já voltam a campo nos próximos dias para a disputa da 18ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Já na quinta-feira (22), o Coritiba faz um duelo direto contra o Bragantino no Estádio Nabi Abi Chedid, às 21h30. Já no sábado (24), o Oeste joga mais uma vez na Arena Barueri, quando recebe o Vila Nova, às 16h30.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
17ª rodada
Data
19/08/2019
Horário
20h00
Local
Arena Barueri - Barueri (SP)
Árbitro
Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)

Renda
R$ 1.630.00
Assistentes
Pedro Jorge Santos de Araujo e Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL)

Público
838 pagantes
Cartões Amarelos
Oeste-SP: Alyson, Betinho, Matheus Oliveira, Bruno Gonçalves
Coritiba-PR: Robson, Diogo Mateus

Gols
Coritiba-PR: Rodrigão 17' 2T, Juan Alano 36' 2T
Oeste-SP
Luis Carlos;
Cicinho, Cléber Reis, Caetano e Alyson;
Lídio, Betinho (Airton Moisés), Léo Ceará (Bruno Gonçalves) e Matheus Oliveira;
Roberto (Mazinho) e Fábio.
Técnico: Renan Freitas
Coritiba-PR
Alex Muralha;
Diogo Mateus, Rafael Lima, Sabino e William Matheus;
Matheus Sales, Thiago Lopes, Rafinha (Giovanni) e Juan Alano;
Robson (Wellissol) e Rodrigão (Igor Jesus).
Técnico: Umberto Louzer