Figueirense 1 x 0 Brasil de Pelotas - E o calvário xavante continua!

Lanterna da Série B, o time rubronegro ainda não pontuou e segue sem marcar gols

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 14 (AFI) - O Campeonato Brasileiro da Série B ainda está apenas na quarta rodada, mas o Brasil de Pelotas já aparece como um dos candidatos ao rebaixamento. Na noite desta terça-feira, o time foi derrotado pelo Figueirense, por 1 a 0, no Orlando Scarpelli.

Ainda sem somar nenhum ponto e nem marcar gols, o Brasil de Pelotas segura a lanterna do campeonato.

Por outro lado, o Figueirense venceu a primeira, chegou aos seis pontos e subiu para a sexta colocação pelo menos até sexta-feira.

RÁDIO FI COM GUARUJÁ

A partida foi transmitida pela Rádio Futebol Interior em cadeia com a Rádio Guarujá, de Florianópolis. A narração foi de Clodoaldo Pereira, comentários de Paulo Brito e reportagens de Hermano Buss.

Clodoaldo Pereira
Clodoaldo Pereira
No plantão esportivo, acompanhando o Placar ao Vivo do FUTEBOL INTERIOR esteve o experiente Edson Curcio.

NÃO FOI BOM
A primeira chance do jogo foi criada logo aos quatro minutos. Rafael Marques arriscou de longe e Carlos Renato espalmou para escanteio. Sem conseguir ficar com a bola no pé, o Brasil apostava no contra-ataque. Em um deles, Murilo Rangel recebeu de Branquinho e mandou por cima.

O futebol ruim apresentado pelos dois times deixavam os técnicos Hemerson Maria (Figueirense) e Rogério Zimmermann (Brasil) irritados na beira do gramado. A torcida presente no Orlando Scarpelli também começava a perder a paciência com os vários erros de passe.

João Diogo comemora o gol que deu a vitória ao Figueirense (Foto: Matheus Dias/FFC)
João Diogo comemora o gol que deu a vitória ao Figueirense (Foto: Matheus Dias/FFC)

Aos 37, a bola foi cruzada para a área, Sousa falhou e Rafael Marques chegou finalizando pela linha de fundo.

No último lance do primeiro tempo, Matheuzinho cabeceou e tirou tinta da trave de Carlos Renato.

ENFIM, O GOL
Logo aos seis do segundo tempo, Branquinho recebeu de Bruno Paulo e soltou a bomba para defesa de Denis. No rebote, o próprio atacante xavante mandou por cima. O castigo veio dois minutos depois.

Breno cruzou e João Diogo apareceu entre os zagueiros para colocar o Figueirense na frente. Aos 20, Betinho arriscou de fora da área e Carlos Renato fez a defesa sem dar rebote. Na sequência, o Brasil de Pelotas assustou em confusão após cruzamento.

Aos 26, Diogo Oliveira arriscou de fora da área e a bola passou raspando a trave de Denis. Depois, Rafael Grampola cabeceou colocado e o goleiro alvinegro defendeu. Esse foi o último lance de perigo. O Figueirense ainda perdeu a chance de fazer o segundo no contra-ataque.

PRÓXIMOS JOGOS

O Figueirense volta a campo na próxima terça-feira, contra o Bragantino, às 21h30, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. No sábado da semana que vem, o Brasil de Pelotas recebe o América-MG, às 19 horas, no Bento Freitas, em Pelotas. Os jogos são válidos pela quinta rodada.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
4ª rodada
Data
14/05/2019
Horário
21h30
Local
Orlando Scarpelli - Florianópolis (SC)
Árbitro
Vinicius Furlan (SP)

Renda
R$ 39.726,00
Assistentes
Daniel Luis Marques (SP) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)

Público
1.858 pagantes (1.931 total).
Cartões Amarelos
Figueirense-SC: Betinho
Brasil-RS: Rafael Grampola, Bruno Aguiar

Gols
Figueirense-SC: João Diogo 8' 2T
Figueirense-SC
Denis;
Pereira, Alemão, Ruan Renato e Breno;
Zé Antônio, Matheuzinho (Alípio), Fellipe Mateus e Tony;
João Diogo (Matheus Lucas) e Rafael Marques (Betinho).
Técnico: Hemerson Maria.
Brasil-RS
Carlos Eduardo;
Ednei, Leandro Camilo, Bruno Aguiar e Sousa;
Leandro Leite, Carlos Jatobá, Murilo Rangel (Diogo Oliveira), Juba (Marcinho) e Bruno Paulo (Rafael Grampola);
Branquinho.
Técnico: Rogério Zimmermann.