Para a direção da CBF, os clubes decidiram tudo no Arbitral da Série B do Brasileiro

Os clubes fizeram pedidos e saíram satisfeitos com cotas e disposição da CBF na organização da Série B

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 6 (AFI) - A semana de reuniões entre os clubes continua na sede da CBF. Nesta terça-feira (6), os representantes dos 20 clubes da Série B participaram do Conselho Técnico do Campeonato Brasileiro 2018.

Conduzida pela diretoria da CBF, composta pelo presidente em exercício, Antônio Carlos Nunes; o secretário-geral, Walter Feldman; os vice-presidentes Fernando Sarney e Gustavo Feijó; e Rogério Caboclo, diretor executivo de gestão, e Manoel Flores, diretor de competições, a reunião definiu alterações no regulamento da competição em relação à edição passada.

"Foram decisões tomadas pelos clubes. A CBF gerenciou a reunião, entendemos as decisões soberanas dos clubes e respeitamos as medidas que foram tomadas. As iniciativas foram sensatas e visam permitir um planejamento a médio e longo prazo, que permitam que os clubes busquem equilíbrio em áreas importantes" – destacou o secretário-geral da CBF, Walter Feldman.

CBF ouviu os pedidos dos clubes e expôs as condições da entidade
CBF ouviu os pedidos dos clubes e expôs as condições da entidade
AS REIVINDICAÇÕES
Durante o encontro, alguns presidentes de clubes reivindicaram o aumento do número de passagens aéreas e hospedagem custeados pela CBF. A solicitação foi atendida e, já a partir de 2018, a entidade vai arcar com os custos de 30 pessoas em cada viagem.

"A CBF entende que é possível atender este pleito e o fez. É o reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelos presidentes de clubes da Série B. Decidimos fazer este investimento para prestigiá-los e contribuir com uma competição cada vez melhor "– declarou Rogério Caboclo, diretor executivo de gestão da CBF.

INSCRIÇÕES COM LIMITE
A data limite para inscrição de jogadores na competição será 10 de setembro. Ainda neste assunto, houve a manutenção do número de atletas que poderão ser inscritos, seguindo em 40 jogadores. A proibição de mandar jogos fora do estado de origem também está mantida. A exemplo da Série A, a janela de transferências será aberta na data de 20 de junho, fechando no mesmo dia do mês seguinte.

"Foi o primeiro Conselho Técnico em que eu participei, assumi a presidência do Coritiba há dois meses apenas. Gostei bastante do espírito participativo, deliberativo, aberto e, acima de tudo, democrático do Conselho. Só tenho elogios a fazer" – declarou o presidente do Coritiba, Samir Namur.

De forma geral, os dirigentes dos clubes ficaram satisfeitos com definições tomadas
De forma geral, os dirigentes dos clubes ficaram satisfeitos com definições tomadas

DA ORGANIZAÇÃO
Ao final da reunião, o diretor de Registro, Transferência e Licenciamento da CBF, Reynaldo Buzzoni, apresentou as regras que os clubes terão de cumprir para disputarem a competição a partir do ano que vem.

Pelo licenciamento, as agremiações vão ter de indicar os responsáveis pelos dados desportivos, preencher requisitos em infraestrutura e promoverem adequações administrativas, financeiras e jurídicas.

"Acho a reunião de Conselho Técnico muito importante, não só para os clubes, mas também para a CBF, que ouve os anseios dos clubes e é o lugar certo para votar, discutir e conseguir resolver os problemas que aparecem ano a ano. É um campeonato dinâmico e a reunião de hoje foi muito proveitosa, chegamos a um meio termo e a CBF foi muito receptiva aos nossos pedidos. Saímos satisfeitos" – acrescentou o presidente do Paysandu, Tony Couceiro.

A primeira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2018 será disputada nos dias 13 e 14 de abril