Botafogo x Atlético-GO - 'Vencer ou vencer', Fogão tenta último suspiro contra degola

Do outro lado, o Dragão quer acabar com quaisquer chance de rebaixamento para quem sabe beliscar uma vaga na Sul-Americana

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 19 (AFI) - É vencer ou vencer. Com 98% de chances de rebaixamento, o Botafogo terá que ir contra os números para se manter na elite do Brasileirão. E, a primeira decisão, será nesta quarta-feira (20) no duelo de abertura da 31ª rodada, às 17h, quando o alvinegro recebe o Atlético-GO, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

O Botafogo vem de quatro derrotas seguidas, a última foi para o Santos, quando foi superado por 2 a 1, na Vila Belmiro, e assumiu a lanterna do Brasileirão. Com apenas quatro vitórias em 30 rodadas, o time carioca está na 20ª e última colocação com 23 pontos somados.

O Atlético-GO também vem de derrota. O time goiano perdeu para o Atlético-MG por 3 a 1, no Mineirão, mas manteve-se distante do Z4. Atualmente, o Dragão é 13º com 36 pontos, sete a mais que o Bahia, que tem 29 e é o primeiro time dentro da zona de reabaixamento.

Botafogo e Atlético-GO duelam na 31ª rodada do Brasileirão
Botafogo e Atlético-GO duelam na 31ª rodada do Brasileirão

BOTAFOGO
Para a partida, apesar do goleiro Diego Cavalieri ter voltado aos treinos normalmente após uma intercorrência clínica que o tirou do duelo contra o Santos, Diego Loureiro deve seguir como titular na meta do Botafogo.

Isso porque Gatito Fernadez também está de fora. O jovem fez boas defesas e agradou.

PÁRA POR AI
No restante, Eduardo Barroca deve manter a mesma formação que vem atuando nas últimas rodadas.

"Eu, como treinador do Botafogo, sem sombra de dúvidas ainda acredito na permanência. Enquanto eu sair de casa pra ir trabalhar e matematicamente for possível, eu vou lutar com todas as minhas forças. Sei da dificuldade, não engano torcedor, a gente vai tentar de todas as formas", disse o treinador em entrevista durante esta semana.

BARROCA QUER CORAGEM E PERSONALIDADE. DÁ ?

ATLÉTICO-GO
Para encarar o Botafogo, o técnico Marcelo Cabo terá alguns desfalques para armar o time titular do Atlético-GO. O treinador não poderá contar com o goleiro Kozlinski, o lateral-esquerdo Nicolas e o atacante Roberson, lesionados. O trio vinha ficando como opção no banco de reservas. Outro desfalque certo é Willian Maranhão, que cumpre suspensão. Ele pegou gancho de três partidas por uma expulsão na 17ª rodada.

Marcelo Cabo também ensaiou uma mudança por opção técnica. Janderson deverá iniciar entre os titulares, ao lado de Wellington Rato e Zé Roberto. Com isso, Chico ficará como opção entre os suplentes.

"O Marcelo Cabo tem as escolhas dele e sabe quem está melhor e quem é melhor para cada posição. Respeito demais as decisões dele. Não é por que eu não estou como titular que eu não vou trabalhar. Quando precisar, estarei pronto novamente", disse Janderson.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
31ª rodada
Data
20/01/2021
Horário
17h00
Local
Nilton Santos - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro
Ramon Abatti Abel (SC)

Assistentes
Alex dos Santos (SC) e Éder Alexandre (SC)

Cartões Amarelos
Botafogo-RJ: Caio Alexandre, Barrandeguy
Atlético-GO: Pereira, Oliveira

Gols
Botafogo-RJ: Matheus Babi 17' 2T
Atlético-GO: Danilo Gomes 20' 2T, Zé Roberto 33' 2T, Vitor 47' 2T
Botafogo-RJ
Diego Loureiro;
Kevin (Barrandeguy), Marcelo Benevenuto, Kanu e Victor Luis;
José Welison, Caio Alexandre, Bruno Nazário (Ênio) e Matheus Nascimento (Iván Angulo);
Pedro Raul (Kalou) e Matheus Babi.
Técnico: Eduardo Barroca
Atlético-GO
Jean;
Dudu, João Victor, Eder e Natanael;
Pereira, Marlon Freitas e Wellington Rato (Vitor Leque);
Janderson, Zé Roberto (Oliveira) e Danilo Gomes (Gilvan).
Técnico: Marcelo Cabo