Flamengo 6 x 1 Avaí - Despedida do Maracanã com chave de ouro!

Quase 70 mil pessoas foram acompanhar o duelo entre o campeão e o lanterna do Brasileirão

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 05 (AFI) - A despedida do Flamengo diante do seu torcedor antes do Mundial de Clubes não poderia ter sido melhor. Na noite desta quinta-feira, pela penúltima rodada do Brasileirão, o campeão fez a festa de quase 70 mil torcedores no Maracanã ao aplicar 6 a 1 no Avaí.

Com quatro vitórias seguidas e sem perder há 28 jogos - a última derrota foi no dia 4 de agosto, 3 a 0 para o Bahia -, o Flamengo chegou aos 90 pontos. Na outra ponta da tabela, o já rebaixado e lanterna Avaí estacionou nos 19. São 16 rodadas sem vitória.

OLHA O GOL, OLHA O GOL, OLHA O GOL !


QUE COMEÇO!
O gramado do Maracanã apresentava algumas poças d'água por conta da chuva que caiu momentos antes do jogo. Mesmo assim, o Flamengo começou em cima do Avaí e quase abriu o placar aos sete minutos. Renê arriscou de fora da área e Vladimir espalmou para escanteio.

Aos 11, a torcida rubro-negra explodiu. Rafinha cruzou, Lincoln dominou e ajeitou para Arrascaeta bater de primeira no canto de Vladimir. O Flamengo não diminuiu o ímpeto após abrir o placar. Na sequência, o uruguaio perdeu boa chance ao chutar por cima e Everton Ribeiro acertou o travessão em cobrança de falta.

O que ninguém esperava aconteceu aos 21. Lourenço arriscou de fora, a bola bateu na trave e nas costas de César antes de entrar mansamente no gol. Sete minutos depois, Diego recebeu de Rafinha e soltou a bomba para boa defesa de Vladimir.

Gabigol comemora o gol marcado na goleada do Flamengo sobre o Avaí
Gabigol comemora o gol marcado na goleada do Flamengo sobre o Avaí

FLA DESLANCHOU
A pressão rubro-negra era grande. Gabriel finalizou e o goleiro do Avaí mais uma vez espalmou para escanteio. Vladimir voltaria a salvar aos 34 minutos em cobrança de falta do capitão Diego. O Flamengo voltou a ficar na frente do placar aos 36.

Diego bateu colocado, a bola desviou na cabeça de Marquinhos Silva e entrou no ângulo de Vladimir. Dois minutos depois, Gabigol soltou a bomba de fora da área e mandou no cantinho do goleiro, fazendo seu 25º gol no Brasileirão.

Logo depois, a torcida presente no Maracanã cantou "Fica, Gabigol". Aos 46, o camisa 9 recebeu dentro da área e finalizou cruzamento com muito perigo.

FECHOU O CAIXÃO
A etapa final começou movimentada no Maracanã. Lourenço exigiu boa defesa de César em cobrança de falta aos seis minutos. O Flamengo respondeu com Arrascaeta, mas o chute do uruguaio saiu fraco e facilitou a vida de Vladimir. Aos 11, Lincoln aproveitou sobra e bateu no cantinho do goleiro, ampliando para os donos da casa.

Aos 13, Gabigol recebeu livre de marcação, mas perdeu grande oportunidade ao finalizar em cima de Vladimir. O Avaí esteve perto de diminuir na sequência. Vinícius Araújo recebeu de Lourenço nas costas da zaga e bateu para boa defesa de César.

MAIS GOLS
O Flamengo diminuiu um pouco o ritmo e passou a valorizar a posse da bola, mas mesmo assim conseguiu marcar o quinto. Após bonita tabela com Diego, Reinier finalizou de bico no cantinho de Vladimir. Na sequência. o goleiro do Avaí fez grande defesa em chute cara a cara com Gabigol.

Empolgada com o futebol apresentado dentro de campo, a torcida cantava nas arquibancadas: "O Liverpool pode esperar, sua hora vai chegar". Aos 43, Rafinha cruzou e Reinier completou de carrinho para dar números finais a partida.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
37ª rodada
Data
05/12/2019
Horário
20h00
Local
Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro
Jefferson Ferreira (GO)

Renda
R$ 3.401.634,00
Assistentes
Bruno Pires (GO) e Leone Carvalho (GO)

Público
64.648 (69.090 presentes).
Cartões Amarelos
Avaí-SC: Leonan

Gols
Flamengo-RJ: Arrascaeta 11' 1T, Diego 36' 1T, Gabigol 38' 1T, Lincoln 11' 2T, Reinier 38' 2T, Reinier 43' 2T
Avaí-SC: Leonan 21' 1T
Flamengo-RJ
César;
Rafinha, Thuler, Rhodolfo e Renê;
Piris da Motta, Diego e Everton Ribeiro (Willia Arão);
Arrascaeta (Gerson), Gabriel e Lincoln (Reinier).
Técnico: Jorge Jesus
Avaí-SC
Vladimir;
Kunde, Marquinhos Silva e Igor Fernandes;
Lourenço, Luanderson (Gabriel Lima), Richardo Franco, Wesley (Marcinho) e Ramon;
Caio Paulista (Vinícius Araújo) e Jonathan.
Técnico: Evando Camillato