Brasileirão chega a 26ª troca de técnico em 2018; Quatro não mudaram

Carpegini foi demitido do Vitória nesta terça-feira; João Burse assumiu

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 15 (AFI) - A dança das cadeiras continua no Campeonato Brasileiro. Na última terça-feira (06), o Vitória anunciou a demissão do técnico Carpegiani, após empate por 1 a 1 diante do já rebaixado Paraná.

Dos 20 clubes participantes do torneio, apenas Internacional, Grêmio, Cruzeiro e São Paulo não trocaram de técnico no Brasileirão, sendo que os três primeiros são os únicos com os seus respectivos comandantes desde o início do ano.

O Sport, vice-lanterna, foi o que mais trocou. Foram quatro mudanças no Brasileirão: Nelsinho Baptista, Claudinei Oliveira, Eduardo Baptista e Milton Mendes.

 João Burse comandará o Vitória até o fim do Brasileirão
João Burse comandará o Vitória até o fim do Brasileirão
Confira as trocas de técnicos do Brasileirão:

Palmeiras - Roger Machado e Luiz Felipe Scolari

Internacional - Odair Helmann

Flamengo - Maurício Barbieri e Dorival Júnior

São Paulo - Diego Aguirre

Grêmio - Renato Gaúcho

Atlético-MG - Thiago Larghi e Levir Culpi

Santos - Jair Ventura e Cuca

Atlético-PR - Fernando Diniz e Tiago Nunes

Fluminense - Abel Braga e Marcelo Oliveira

Cruzeiro - Mano Menezes

Corinthians - Carille, Osmar Loss e Jair Ventura

Botafogo - Alberto Valentim, Marcos Paquetá e Zé Ricardo

Bahia - Guto Ferreira e Enderson Moreira

Vasco da Gama - Zé Ricardo, Jorginho e Alberto Valentim

América-MG - Enderson Moreira, Ricardo Drubscky e Adilson Batista

Vitória - Vagner Mancini, Carpegiani e João Burse

Ceará - Jorginho, Marcelo Chamusca e Lisca

Chapecoense - Gilson Kleina, Guto Ferreira e Claudinei Oliveira

Sport - Nelsinho Baptista, Claudinei Oliveira, Eduardo Baptista e Milton Mendes

Paraná - Rogério Micale, Claudinei Oliveira e Dado Cavalcanti

 
 
" />