Em crise financeira, time da Série B comunica saída de treinador

Rogério Zimmermann pediu demissão em véspera de retormada da Segunda Dividão nacional

por Agência Futebol Interior

Pelotas, RS, 09 (AFI) - O Brasil de Pelotas comunicou na tarde desta terça-feira a decisão do técnico Rogério Zimmermann em deixar a equipe dias antes do retorno à Série B do Campeonato Brasileiro. O estopim foi a crise financeira do clube, que não conseguiu abater as dívidas em cima dos salários atrasados de jogadores e comissão técnica.

O treinador encerrou a sua quarta passagem pelo time pelotense, tendo se transformado em um dos técnicos mais importantes da história do clube ao conquistar dois acessos nacionais consecutivos, além de recolocar o clube na Primeira Divisão do Gaúcho, e dos dois títulos conquistados do interior, entre os anos de 2012 e 2017. Já chegou a salvar a equipe do rebaixamento.

Contratado para a Série B, Rogério Zimmermann deixou o Brasil na 13ª colocação, com nove pontos, dois na frente do Operário-PR, primeiro dentro da zona de rebaixamento. Em quarto, o Sport tem 16. Além da situação financeira, a saída do meia Marcinho também incentivou o pedido de demissão do treinador.

Rogério Zimmermann não é mais técnico do GE Brasil - Carlos Insaurriaga
Rogério Zimmermann não é mais técnico do GE Brasil

AUXILIAR NO COMANDO
Para o jogo contra o Botafogo-SP, no próximo sábado, às 18h, no Estádio Santa Cruz, o Brasil será comandado pelo auxiliar-técnico Gustavo Papo, até que um novo treinador seja anunciado para a vaga de Rogério Zimmermann.