Time do Paulistão recebe oferta e pode realizar treinos no estádio do América-SP

O presidente do América só pediu para que o clube pague a conta de energia enquanto usa o local

por Agência Futebol Interior

São José do Rio Preto, SP, 29 (AFI) - Procurando um local para retomar os treinamentos, que voltarão em 1º de julho, o Botafogo-SP tem uma nova opção para analisar. Isso porque o América-SP, integrante do Campeonato Paulista Segunda Divisão, colocou o estádio Benedito Teixeira, o Teixeirão, e sua estrutura à disposição.

Luiz Donizetti Prieto, o Italiano, presidente do América, afirmou que tem uma relação de amizade com Gerson Engracia Garcia, o Gersinho, ex-presidente do Botafogo e conselheiro da S/A sócia do clube.

A estrutura conta com nove alojamentos, refeitórios, banheiros, gramado. Segundo Italiano, tudo está reformado e só pediu para que o Botafogo pague a conta de energia enquanto usar o local. O Botafogo, por sua vez, ainda não decidiu, mas gostou da ideia.

Estádio Benedito Teixeira
Estádio Benedito Teixeira
SITUAÇÃO DO BOTAFOGO NA PANDEMIA

Na zona de rebaixamento, o Botafogo conseguiu segurar boa parte do seu elenco. Deixaram o clube apenas o zagueiro Didi, que acertou com o Guarani, e o volante Willian Oliveira, reforço da Chapecoense.

O clube estuda buscar peças de reposição, mas o principal reforço veio de dentro do elenco. Dodô, recuperado de uma cirurgia no joelho direito, poderá fazer sua estreia na temporada.

Em meio à crise de saúde, o Botafogo optou por reduzir entre 25% a 35% os salários de funcionários e jogadores. O clube não conseguiu a liberação para realização de treinos presenciais, haja vista que a cidade de Ribeirão Preto está na zona vermelha da pandemia.
NO PAULISTÃO
Restando duas rodadas para o fim da primeira fase, o Botafogo tem oito pontos na lanterna (4º) do Grupo A. Na classificação geral, que define o rebaixamento, está no Z2, em penúltimo lugar (15º), à frente apenas da Ponte Preta, que tem sete pontos, e atrás do Água Santa, que soma dez.