Paulistão: Ídolo da torcida, goleiro completará 50ª partida com a camisa do Botafogo

Darley irá chegar a essa grande marca no duelo contra o Água Santa nesta sexta-feira (14), pela sexta rodada do estadual

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 13 (AFI) - Ídolo da torcida botafoguense, o goleiro Darley, de 30 anos, completará a 50ª partida como titular do Botafogo diante do Água Santa nesta sexta-feira (14), às 21h30, no Estádio Santa Cruz, pela sexta rodada do Campeonato Paulista da Série A1.

“Fico muito feliz de atingir essa marca com a camisa do Botafogo. É um clube que me identifico muito e que tenho todas as condições de trabalho. Espero honrar essa camisa e vesti-la muitas vezes ainda”, disse o camisa 89, que tem contrato com o Pantera até o final de 2021.

Darley fará a 50ª partida com a camisa do Botafogo
Darley fará a 50ª partida com a camisa do Botafogo
“Vamos ainda presentear a nossa torcida com conquistas. Agradeço o apoio e a confiança que o torcedor tem no meu trabalho”, completou o goleiro, que usará o número 50 na partida diante do Água Santa.

CARREIRA
Darley está no Botafogo desde novembro de 2017. Ele começou o Paulista de 2018 como reserva, mas ganhou a titularidade na reta final e ajudou o clube permanecer na elite estadual. No Brasileiro da Série B, foi um dos destaques da equipe que terminou na nona colocação.

Darley foi contratado após atuar por cinco temporadas na Tombense. O goleiro ainda vestiu as camisas do Boa Esporte, América-MG, Criciúma, Náutico e Atlético-MG, onde foi revelado. Ele ainda atuou no futebol holandês pelo Feyenoord, onde chegou aos 18 anos.

Mercado da Bola
Botafogo-SP
Elenco ainda não definido
  • Goleiros

    Darley e João Vitor

  • Laterais

    Pará, Lucas Mendes, Leonan, Gilson, Guilherme Romão e Val

  • Zagueiros

    Leandro Amaro, Didi, Léo Gregório, Plínio e Reginaldo

  • Volantes

    Jonathan Machado e Ferreira

  • Meias

    Gabriel Calabres, Nadson, Murilo, Pablo e Willian Oliveira

  • Atacantes

    Bruno José, Diego Cardoso, Henan, Dodô, Gustavo Henrique, Gustavo Schutz, Rafinha, Francis e Ronald

  • Técnico

    Claudinei Oliveira