Após derrota para o Santos, goleiro do Botafogo promete: "Vamos lutar até o fim"

Na tarde deste domingo, o time carioca perdeu para o Peixe por 2 a 1, na Vila Belmiro

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 17 (AFI) - O Botafogo conheceu a sua quarta derrota consecutiva no Campeonato Brasileiro. Na lanterna, o clube carioca já começa a se planejar para jogar a Série B em 2021. Dentro de campo, o discurso ainda é de confiança, apesar da sequência negativa. Neste domingo, a derrota foi para o Santos, por 2 a 1, na Vila Belmiro.

"Não era o resultado que a gente esperava. Mas vamos ter que seguir trabalhando, nos dedicando ao máximo para continuarmos lutando até o final para deixar o clube na melhor situação possível", analisou o goleiro Diego Loureiro, que ganhou uma chance como titular após Diego Cavalieri sentir uma indisposição estomacal.

Botafogo foi derrotado neste domingo. Foto: Vítor Silva/ BFR
Botafogo foi derrotado neste domingo. Foto: Vítor Silva/ BFR

Diego Loureiro não tinha uma chance de jogar desde 2018. Gatito era o titular da posição, mas se lesionou e deu o lugar para Diego Cavalieri. O arqueiro comemorou o retorno aos gramados, mas mostrou tristeza com o resultado.

"Foi muito bom passar por esse momento. Eram quase dois anos sem jogar. O resultado, infelizmente, não veio. Hoje fizemos um bom jogo, mas não conseguimos. Temos que seguir treinando", concluiu.

DE NOVO ? BARROCA PEDE CORAGEM E PERSONALIDADE


Espaço incorporado por HTML (embed)

SITUAÇÃO
Na saída do gramado, os jogadores do Botafogo estavam indignados com o resultado, a exemplo de Pedro Raul. O atacante reclamou muito do banco de reservas e ainda criticou a postura da equipe: "Depois não adianta ficar de cabeça baixa", falou.

Com a derrota, o Botafogo ficou na lanterna, com 23 pontos, precisando de uma combinação improvável de resultados para permanecer na Série A.