BAIANO: Nos pênaltis, Bahia vence Atlético Alagoinhas e é tricampeão

Douglas Friedrich defende cobrança decisiva e garante título ao Tricolor: 7 a 6 nas penalidades; no tempo normal, 1 a 1

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 8 (AFI) - Foi no sufoco, mas o título veio. Após um duelo equilibradíssimo pela final do Campeonato Baiano, o Bahia conquistou o título ao vencer o Atlético Alagoinhas nos pênaltis: 7 a 6. Com isso, o Tricolor de Aço chega ao seu 49° título estadual.

TODOS OS ESTADUAIS

Todos os Campeonatos Estaduais têm cobertura completa pelo Portal Futebol Interior. Os jogos podem ser acompanhados online pelo PLACAR AO VIVO e também pelo aplicativo.

O App Placar FI está disponível tanto no Google Play como na App Store.

CLIQUE AQUI E VEJA COBERTURA DE TODOS ESTADUAIS!

VEJA OS GOLS E OS PENALTIS !


INQUESTIONÁVEL

A conquista do título pelo Bahia é inquestionável. Mesmo jogando com o seu time Sub-23, o Tricolor de Aço teve a melhor campanha em todos os momentos da competição.

Na primeira fase, terminou líder. Nas semifinais, venceu a Jacuipense por 4 a 2 no agregado. Na final, após dois empates no tempo normal, venceu o Atlético nos pênaltis. O Atlético, vice, também foi segundo lugar na classificação geral e primeira fase.

JOGO DURO!

Apesar de jogar fora de casa, foi o Atlético Alagoinhas quem tomou as iniciativas durante o primeiro tempo. Nos primeiros 45 minutos, o Carcará do Sertão criou boas chances através de Tobinha e Magno Alves. Além disso, Felipinho também levou perigo à meta soteropolitana em duas oportunidades.

Nos pênaltis, Bahia vence Atlético Alagoinhas e é campeão estadual (Foto: Divulgação / EC Bahia) - Foto: Divulgação / EC Bahia
Nos pênaltis, Bahia vence Atlético Alagoinhas e é campeão estadual (Foto: Divulgação / EC Bahia)

No segundo tempo, o Bahia acordou e o panorama inverteu. Apesar disso, foram os visitantes quem saíram na frente. Aos 15 minutos, Magno Alves teve espaço para chutar de fora e abriu o marcador. Dez minutos depois, Danielzinho empatou. No fim do duelo, Saldanha teve a chance de virar o marcador, mas desperdiçou. Assim, a decisão foi para os pênaltis.

DOUGLAS GARANTE O TÍTULO!

O equilíbrio persistiu na cobrança de penalidades. Após Magno Alves perder a primeira cobrança, o goleiro Fábio Lima defendeu a segunda série do Bahia e garantiu a igualdade até a sequência de morte súbita. Após 14 cobranças, Gregore converteu pelos soteropolitanos e viu Douglas defender a cobrança de Dedeco para garantir o 49° título estadual.

VAGAS DO ESTADUAL

Com o término do estadual, ficam definidos os representantes baianos nos torneios nacionais em 2021. Bahia, Juazeirense e Atlético Alagoinhas representarão o estado na Copa do Brasil. Por ter boa posição no RNC, o Vitória também deve entrar na Copa Nacional.

Na Copa do Nordeste, o Bahia entra direto na fase de grupos por ter sido campeão. Melhor rankeado, o Vitória também entra direto na fase de grupos. Na segunda posição do ranking de clubes pelo estado, a a Juazeirense também entra direto na fase de grupos.

Na Série D, participarão Atlético Alagoinhas, Juazeirense e Bahia de Feira. Os três clubes foram os melhores classificados não-divisionados no estadual.

Ficha Técnica

Fase
Final
Rodada
2ª rodada
Data
08/08/2020
Horário
16h30
Local
Pituaçu - Salvador (BA)
Árbitro
Marielson Alves Silva

Assistentes
Elicarlos F. de Oliveira e Jucimar dos Santos Dias. VAR: Marcelo de Lima Henrique

Cartões Amarelos
Bahia: Flávio , Daniel
Atlético Alagoinhas: Maílson

Gols
Bahia: Daniel 25' 2T
Atlético Alagoinhas: Magno Alves 15' 2T
Bahia
Douglas Friedrich;
João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba;
Ronaldo (Gregore), Flávio (Daniel) e Rodriguinho (Marco Antônio);
Rossi (Clayson), Fernandão (Saldanha) e Élber.
Técnico: Roger Machado
Atlético Alagoinhas
Fábio Lima;
Paulinho (Edson), Mailson, Eduardo e Felipinho;
Lucas, Dedeco e Edilson (Alex);
Tobinha (Reninha), Russo (Vitinho) e Magno Alves.
Técnico: Agnaldo Liz