Atlético-MG recebe Grêmio e busca 3º triunfo seguido para se manter na liderança

As equipes se enfrentam neste sábado, às 21 horas, no Mineirão

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 26 (AFI) - Embalado após assumir a liderança do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG busca a terceira vitória consecutiva na competição para se manter na ponta da tabela. O líder encara o Grêmio neste sábado, às 21 horas, no Mineirão, em duelo válido pela 12ª rodada do campeonato nacional.

A equipe mineira pulou para o primeiro lugar, com 21 pontos, depois que venceu o Atlético-GO por 4 a 3 na rodada anterior e contou com o revés do Inter, que caiu para a segunda colocação ao ser derrotado pelo Fortaleza, e parou nos 20 pontos. De quebra, o Atlético ainda tem um jogo a menos que o rival gaúcho.

O Atlético-MG tem um grande aliado para se manter na ponta e brigar até o fim pelo título que os outros concorrentes não têm: tempo. O time mineiro está fora da Copa Libertadores, da Copa Sul-Americana e também já foi eliminado precocemente da Copa do Brasil.

Com isso, disputa apenas o Brasileirão e, enquanto seus rivais jogam em outras frentes nos duelos de meio de semana, a equipe mineira pode usar a semana apenas para treinar e descansar os jogadores que apresentarem eventual desgaste físico.

Outro aposta da equipe do técnico Jorge Sampaoli para permanecer na liderança é o retrospecto positivo atuando no Mineirão. O time está invicto em casa e é o único mandante da competição que ostenta 100% de aproveitamento. Foram quatro triunfos em quatro partidas. Ainda restam seis jogos em seus domínios até o fim do primeiro turno, contra três como visitante.

Dono do melhor ataque do torneio, com 18 bolas na redes, o Atlético está prestes a atingir a marca de 2 mil gols marcados na história do Brasileirão, disputado desde 1971. Hoje, soma 1.999 tentos assinalados, e, portanto, está a apenas um de alcançar o feito histórico.

A base da escalação que enfrentou e venceu o Atlético-GO na última rodada deve ser mantida por Sampaoli. Mas, claro, como lhe é peculiar, é muito provável que o argentino não repita os 11 iniciais e promova alterações com base no estilo de jogo do adversário.

Há a expectativa de Nathan voltar a ser titular. O meio-campista ficou um mês fora por lesão, já atuou em duas partidas desde que retornou e agora busca reassumir a titularidade. Ele foi importante no triunfo em Goiânia ao marcar um dos quatro gols.

Réver é dúvida. O zagueiro operou o nariz no último domingo, após fraturar o local e voltou a treinar usando uma máscara protetora na região. Se o capitão não jogar, Igor Rabello assume o posto ao lado de Junior Alonso.