Torcida do Atlético-MG já sabe quem deve assumir o time: ex-técnico do São Paulo

O auxiliar Lucas Gonçalves deve ser o interino à frente da equipe na próxima rodada, contra o CSA, na quarta-feira, em Maceió.

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 13 (AFI) - O técnico Rodrigo Santana não resistiu à goleada sofrida pelo Atlético Mineiro diante do Grêmio, pelo placar de 4 a 1, neste domingo, e foi demitido pela diretoria atleticana.

Ao longo da partida disputada no Independência, em Belo Horizonte, o treinador foi alvo de xingamentos e ofensas por parte da torcida, que chegou a pedir o nome de Cuca.

Mas outro cotado é Odair Hellmann, demitido sábado do Internacional.

Cuca já foi bem no comando do Galo
Cuca já foi bem no comando do Galo

"Vim comunicar ao torcedor que o Rodrigo não é mais treinador do Atlético. Tentamos fazer algo diferente do que normalmente acontece no futebol brasileiro.

Entendíamos que ele merecia, até pela forma que ele assumiu, merecia o tempo para recuperar o que ele já havia demonstrado. Mas o tempo não é mais o suficiente", disse o diretor de futebol, Rui Costa.

NENHUM NOME
Ele também disse que não tem nenhum nome certo para comandar a equipe no momento. E evitou apontar o perfil desejado para o futuro treinador atleticano.

Assim, o auxiliar Lucas Gonçalves deve ser o interino à frente da equipe na próxima rodada, contra o CSA, na quarta-feira, em Maceió.

Rodrigo Santana resistiu bastante
Rodrigo Santana resistiu bastante

Santana, contratado inicialmente para comandar o time sub-20, assumiu interinamente a equipe profissional em abril, em substituição a Levir Culpi.

Seu primeiro desafio foi a final do Campeonato Mineiro, em que o clube foi derrotado pelo arquirrival Cruzeiro. Logo em seguida, o time fracassou também na fase de grupos da Copa Libertadores.

FASE RUIM

Ele, contudo, resistiu à fase ruim em razão das boas apresentações no início do Brasileirão. Tanto que foi efetivado no fim de julho. O alívio, contudo, foi momentâneo.

Na retomada da temporada nacional, ao fim da disputa da Copa América, o Atlético foi eliminado novamente pelo Cruzeiro, nas quartas de final da Copa do Brasil.

Ao mesmo tempo, passou a cair de rendimento no Brasileirão. E foi se afastando das primeiras colocações a cada rodada.

Para piorar, o Atlético foi eliminado na semifinal da Copa Sul-Americana, que era a grande esperança de título para o time na temporada. Ele bateu um recorde negativo do clube ao perder seis jogos seguidos no Brasileirão.

No total, Santana obteve aproveitamento de 48,7% dos pontos disputados no comando do Atlético. Foram 41 jogos, nos quais obteve 18 vitórias, seis empates e 17 derrotas.