Adilson é poupado de treino e deve ficar no banco do Atlético-MG contra o Santos

O volante deixou a atividade na Cidade do Galo antes do fim, o que tornou a sua presença no confronto uma incógnita

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 14 - O Atlético Mineiro encerrou a sua preparação para a estreia na Copa do Brasil com uma dúvida por problema físico. Nesta terça-feira, na véspera do duelo com o Santos, no Independência, o volante Adilson deixou a atividade na Cidade do Galo antes do fim, o que tornou a sua presença no confronto uma incógnita.

A escalação de Adílson já era dúvida por causa da intensa disputa com Zé Welison pela função de primeiro volante do Atlético-MG - eles têm se revezado na função desde o começo da temporada. Agora, com o desgaste físico de Adílson, que deixou o campo para trabalhar na academia, a tendência é que a sua vaga seja ocupada por Zé Welison.

Adilson é poupado de treino e deve ficar no banco do Atlético-MG contra o Santos
Adilson é poupado de treino e deve ficar no banco do Atlético-MG contra o Santos
Caso isso se confirme, o Atlético-MG vai entrar em campo nesta quarta-feira com a seguinte formação: Victor; Guga, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Zé Welison; Geuvânio, Elias, Luan e Chará; Ricardo Oliveira.

PERDEU A PONTA
Após emplacar quatro vitórias consecutivas, o Atlético-MG perdeu para o Palmeiras no domingo, por 2 a 0, no Mineirão, deixando a escapar a liderança do Campeonato Brasileiro. Nesta terça-feira, o lateral-direito Guga ressaltou a importância de o time superar o Santos em casa, para depois decidir a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil em condições mais favoráveis em 6 de junho, no Pacaembu.

"A gente sabe que o primeiro jogo em casa é muito importante. A gente precisa fazer o resultado para ir com mais tranquilidade para São Paulo, então, é foco total nesse primeiro jogo", afirmou Guga.