Mineiro: Roger diz que Atlético se acomodou, mas elogia 'entrega até o final'

O Galo não teve vida fácil contra o Tricordiano, mas venceu pelo palcar de 2 a 1

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG - O técnico Roger Machado lamentou as chances desperdiçadas pelo Atlético Mineiro na apertada vitória por 2 a 1 sobre o Tricordiano, no sábado, em Divinópolis. Para o treinador, o time até se acomodou em campo depois dos lances perdidos, na segunda etapa, o que impediu a equipe de definir a vitória com tranquilidade.

Roger Machado elogiou a entrega do Galo contra Tricordiano
Roger Machado elogiou a entrega do Galo contra Tricordiano

"Acomodamos um pouco, imaginando que, pela superioridade do primeiro tempo, as coisas iam acontecer naturalmente", lamentou o treinador. A acomodação quase custou o triunfo ao Atlético, que só marcou o segundo gol aos 46 minutos do segundo tempo, com Rafael Moura.

"Enquanto ainda havia tempo de jogo, a gente pressionou até o final e fomos premiados, sobretudo, pelo que fizemos no primeiro tempo, quando poderíamos ter definido a partida para levar o segundo tempo com mais tranquilidade. Voltamos em um ritmo diferente do nosso adversário, ele cresceu no jogo e empatou o placar", afirmou o treinador.

Apesar da crítica à postura da equipe no segundo tempo, Roger Machado elogiou a "entrega" do Atlético em Divinópolis. "São três pontos importantes, que valorizam um grande primeiro tempo e uma entrega até o final", declarou o técnico, satisfeito com a forte sequência do time no Estadual.

Com oito vitórias seguidas, o Atlético já garantiu vaga nas semifinais do Campeonato Mineiro. "O Campeonato Mineiro é muito difícil, as equipes do interior sempre fazem jogos muito difíceis. A gente espera sempre um bom início, mas está um pouco acima da expectativa com relação aos resultados porque a gente sabe que não é sempre que se consegue oito vitórias seguidas em um regional difícil como é o Mineiro", afirmou.