Apesar da liderança, técnico do Santo André prevê problemas no retorno do Paulistão

Isso porque, Paulo Roberto perdeu diversos jogadores, em que seus contratos com o Ramalhão chegaram ao fim

por Agência Futebol Interior

Santo André, SP, 10 (AFI) - A quarta-feira promete ser decisiva para o futuro do futebol paulista. Isso porque, nesta tarde, a Federação Paulista de Futebol (FPF) se reúne, mais uma vez, com os 16 times participantes do Paulistão, para atualiza-los sobre os rumos do esporte no estado. Inicialmente, esta reunião por videoconferência estava marcada para terça-feira.

O adiamento do encontro teve o intuito de possibilitar maior tempo de avaliação do protocolo de treinamentos com foco retomada do futebol junto as autoridades de saúde e sanitária do Governo do Estado de São Paulo. Enquanto esse retorno não é definido, alguns times quebram a cabeça para tentarem continuar no mesmo nível em que estavam nesta volta do futebol paulista, quando for autorizado.

Apesar da liderança, técnico do Santo André prevê problemas no retorno do Paulistão
Apesar da liderança, técnico do Santo André prevê problemas no retorno do Paulistão
Esse é o caso do Santo André, que vinha na liderança geral do Paulistão e com a classificação encaminhada para às quartas de final no Grupo B. Mas, apesar disso, o técnico Paulo Roberto perdeu diversos jogadores, em que seus contratos com o Ramalhão chegaram ao fim e esses acertaram com novas equipes. Casos de Fernando Henrique, Luisão, Dudu Vieira e Ronaldo, que praticamente formavam a espinha dorsal da equipe titular.

“Tivemos muitas perdas com a paralisação do paulistão que sabemos que foi necessário devido essa pandemia e foi praticamente o elenco todo que foi montado no início do ano e vamos aguardar a posição da federação e dos médicos para vermos a possibilidade do retorno”, disse o técnico Paulo Roberto.

O clube do ABC paulista ostenta a melhor campanha no Campeonato Paulista com retrospecto de seis vitórias, um empate e três derrotas, somando 19 pontos, a mesma que Palmeiras, mas com uma vitória a mais que clube da capital.

SEM CASA
Outra preocupação do comandante será a falta do estádio Bruno José Daniel, que está sendo usado como hospital de campanha contra a pandemia do coronavírus. Aliado a isso, em parceria com a diretoria de futebol, Paulo Roberto também tem observado alguns jogadores.

“Sem a definição sobre o retorno nós não sabemos com quem podemos contar caso seja liberado para os treinamentos então a diretoria tem negociado com alguns atletas e o tempo de preparação que teremos também é uma preocupação”, disse o treinador.

Enquanto isso, a diretoria do Santo André aguarda a definição da Federação Paulista de Futebol para que dar inicio as conversas para renovação de alguns atletas e também local para treinamentos, que deve ser o CT do Clube Atlético Sorocaba, na cidade de Sorocaba-SP.