Copa Paulista: Luís Carlos Martins avalia peculiaridades do São Caetano no torneio

O treinador também analisou o desempenho do Azulão no empate sem gols diante do Taubaté, na última rodada

por Agência Futebol Interior

São Caetano do Sul, SP, 17 (AFI) - Após o empate, por 0 a 0 contra o Taubaté, pela terceira rodada da Copa Paulista, o técnico Luís Carlos Martins avaliou as dificuldades encontradas pelo São Caetano neste início de competição. Na visão do treinador, o campeonato - que garante ao campeão vaga na Série D do Brasileiro em 2018 -, possui características próprias que precisam ser levadas em consideração a cada rodada.

Luís Carlos Martins avaliou as dificuldades encontradas pelo São Caetano neste início de competição (Foto: Fabrício Cortinove)
Luís Carlos Martins avaliou as dificuldades encontradas pelo São Caetano neste início de competição (Foto: Fabrício Cortinove)
“Como passo para o elenco, neste campeonato vamos jogar em diferentes horários. Assim como em gramados bons e ruins. Por isso, precisamos nos adaptar com todo tipo de situação”, disse o comandante, antes de analisar o desempenho azulino contra o Burro da Central. “Jogo bom. Nos primeiros minutos passamos um pouco de dificuldade, mas depois nos acertamos. Já no segundo tempo tivemos condição de ganhar o jogo, criando várias oportunidades”, avaliou.

Além do resultado, Luís Carlos Martins também comentou sobre a escalação do volante Ferreira e do meia Daniel Costa - titulares pela primeira vez nesta edição da Copa Paulista.

“Não fugimos da nossa característica em relação ao posicionamento. Coloquei o Ferreira, volante que entra bem na área, sabe finalizar. Escalei também o Daniel Costa, meia com mais toque de bola, que realizou o primeiro jogo como titular desde que voltou de empréstimo. Trabalhamos sempre em cima do grupo, e utilizando as peças de acordo com o adversário”, explicou.

O São Caetano agora volta a campo na terça-feira, oportunidade que enfrenta o Água Santa. O confronto será realizado no Anacleto Campanella, às 20h.

aaa