Acima do peso normal, coração de Maradona tinha 500g e estava dilatado

Perícia também analisará o sangue, a urina e swabs de Maradona

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 02 (AFI) - A investigação sobre a morte de Diego Armando Maradona segue a todo vapor. O coração do craque foi retirado para autópsia e o que foi revelado é preocupante. Maradona estava com coração muito dilatado e com peso acima do normal.

Segundo o site Data Clave, o órgão do eterno camisa 10 tinha cerca de 500g, o dobro do normal, uma vez que o coração de um adulto costuma pesar entre 250g e 300g. A perícia também analisará o sangue, a urina e swabs de Maradona.

A segunda autópsia revelou que o hermano faleceu por insuficiência cardíaca aguda, congestiva e crônica, o que gerou acúmulo anormal de líquido no pulmão.

Situação preocupante. (Foto: Divulgação)
Situação preocupante. (Foto: Divulgação)
ADEUS!

Maradona morreu aos 60 anos. Ele atuava ultimamente como técnico do Gimnasia La Plata e lutava contra uma série de problemas de saúde. Maradona morreu depois de sofrer parada cardiorrespiratória.

O eterno camisa 10 argentino estava em casa quando se sentiu mal. Familiares e funcionários até chamaram ambulâncias para procurar socorrê-lo, mas ele faleceu antes mesmo da chegada dos veículos de emergência.