O que é streaming ao vivo para assistir futebol?

Cada vez mais se fala em streaming de jogos de futebol, mas o que é isso e o que posso ver dos jogos?

por Agência Futebol Interior

Muitas pessoas podem não ter percebido, mas com certeza é notório que a forma como assistimos séries, filmes e conteúdo audiovisual em geral mudou muito em pouco mais de cinco anos. Plataformas de streaming como a Netflix e o investimento de gigantes como a Globo no Globo Play mostram isso. E o futebol, claro, não passa batido.

O que começou como pirataria, com pessoas transmitindo pela internet o jogo que passava no Pay Per View, hoje se tornou em estratégia de empresas com potencial para comprar direitos.

O Esporte Interativo (da americana Turner), por exemplo, têm os direitos da Champions League e exibe jogos via streaming pelo Facebook. O próprio Facebook já comprou também a possibilidade de exibir competições esportivas.

A DAZN, que está causando impacto no mundo inteiro, estabeleceu sua presença no Brasil com jogos da Copa Sul-Americana, Campeonato Italiano e Francês, além de ter grande força no boxe. Você pode ver seus jogos pelo Youtube.

Portanto, o streaming é essa transmissão de eventos ao vivo que acontece em plataformas digitais. Diferentemente da televisão e rádio, que são concessões governamentais, esses sites e aplicativos funcionam online e podem cobrar assinaturas de seus usuários.

Casas de apostas também investem em streamings ao vivo para oferecer os jogos para seus clientes.

Ou seja, é uma prática bastante difundida e que logo concentrará a maior parte da atenção dos fãs de esportes, já que dá para assistir de qualquer lugar na tela do seu celular, no computador ou até pela sua Smart TV.

Cuidados a se ter
Com essa dependência cada vez maior dos meios digitais e dos dispositivos móveis, é necessário se proteger.

As plataformas de streaming piratas, por exemplo, eram uma grande fonte de malwares e roubo de informações, já que a cada vez que você entrava no site, dados eram cedidos. Por exemplo, eles logo podiam descobrir o IP e sua localização em uma propaganda.

Uma VPN (Virtual Private Network) pode ser de grande ajuda neste caso, já que ela oculta as informações e protege a sua navegação de intrusos.

E no caso das plataformas de streaming, seja de esportes ou filmes, fica ainda melhor porque você pode colocar uma localização em outro país e ter acesso ao seu catálogo internacional.

Por exemplo, no caso de um jogo de futebol, é normal que acessos de outros países sejam bloqueados. Então se você estiver viajando a trabalho ou negócios e quiser conferir seu time, não dá para fazer isso. Com uma VPN, esse problema some: é só programar para o acesso ser pelo Brasil e pronto.

Vale a pena investir em uma assinatura?
A resposta é: depende, como sempre. Depende de sua assiduidade, assim como para a Netflix. Se você assiste a muitos filmes e séries e gosta do conteúdo exclusivo, o preço a pagar por mês é muito mais baixo e por isso você faz um grande negócio.

Falando dos esportes, o mesmo se adapta. O custo da mensalidade da televisão a cabo é salgado e por enquanto não dá para substituir como aconteceu com o Netflix porque ainda existe a questão da exclusividade.

Mas por exemplo, caso você queira acompanhar a Copa Sul-Americana em detalhes, vale a pena sim investir na DAZN e entrar nessa logo no começo.

A tendência é que Globo, ESPN, Fox Sports e as gigantes do mercado esportivo também comecem a pegar ainda mais pesado com suas plataformas digitais e até criar conteúdo exclusivo para elas, algo que já começa a acontecer.

Portanto, é um caminho sem volta. E é um caminho bom, já que dará para cortar gastos e ter maior concorrência no mundo dos direitos de competições esportivas.