Ex-técnico de Palmeiras e Fla passa por cirurgia para retirar um câncer na próstata

O procedimento do treinador, que só deve voltar a atuar em 2020, foi um sucesso

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 01 (AFI) - Após recusar participar da 'Dança das Cadeiras' dos treinadores no final do mês de setembro, Dorival Júnior revelou uma preocupação com a saúde. Ele passou, nesta terça-feira, por uma cirurgia para retirada de um câncer na próstata. O procedimento foi um sucesso e em breve deverá ter alta.

Dorival Júnior, 57 anos, não comanda um clube desde 2018, quando assumiu o Flamengo no final da temporada. Desde então, o treinador tem optado por passar um tempo com a família, estudado e cuidando da saúda.

O comandante ainda tem passagens por clubes como Figueirense, Fortaleza, Criciúma, Juventude, Sport, Avaí, São Caetano, Coritiba, Vasco, Santos, Atlético Mineiro, Internacional, Flamengo, Fluminense, Palmeiras e São Paulo. O destaque foi no Peixe, quando conquistou dois estaduais e uma Copa do Brasil.

Dorival Júnior, ao lado de Felipão, nos tempos de Atlético
Dorival Júnior, ao lado de Felipão, nos tempos de Atlético
Confira a nota oficial publicado por sua assessoria:

Com enorme prazer, informamos que a cirurgia realizada em Dorival Jr. na manhã desta terça-feira foi um sucesso. Tudo correu dentro do previsto e esperado pelo corpo médico.

O treinador já está de volta ao quarto na companhia de sua esposa e filhos e, em breve, receberá alta médica para retornar à sua casa para finalizar a recuperação.

Dorival e sua família, novamente, agradecem pelo apoio recebido por meio das redes sociais, e estende os agradecimentos ao corpo médico, enfermeiros e funcionários que fizeram parte do procedimento e seguem dando suporte a ele e a família.