ESPECIAL CATEGORIAS DE BASE BR: Times paulistas dominam títulos nacionais

Das sete competições organizadas pela CBF, São Paulo ficou com três taças, o Palmeiras uma e o Corinthians também uma

por Lucas Badan

Campinas, SP, 25 (AFI) – Pela primeira vez na história, o Futebol Interior e o Placar FI cobriram de perto todas as emoções das competições de base nacionais, organizados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), assim como já acontecia com os torneios estaduais. Até por conta disso, nesse final de ano, o portal trás aos seus leitores, um especial com tudo o que ocorreu de melhor nas disputas das categorias de formação pelo Brasil.

Sempre forte na base, o futebol paulista mostrou a sua força e em 2018, levou cinco dos sete títulos para o estado. O São Paulo foi o time que mais foi campeão, vencendo o Brasileiro de Aspirantes, a Copa do Brasil Sub 20 e a Supercopa Sub 20. Já o Palmeiras ficou com a taça do Brasileiro Sub 20 e o Corinthians levou o Brasileirão Feminino A1.

Confira abaixo o que rolou de melhor em cada competição, com seus devidos destaques e campeões:

ESPECIAL CATEGORIAS DE BASE BR: Times paulistas dominam títulos nacionais
ESPECIAL CATEGORIAS DE BASE BR: Times paulistas dominam títulos nacionais
BRASILEIRO DE ASPIRANTES
Apesar de não ter sido o primeiro título conquistado pelo São Paulo no ano, o troféu do Brasileiro de Aspirantes sem dúvidas foi um dos mais marcantes para o time do Morumbi nessa temporada. Isso por que ele veio praticamente de forma invicta, com apenas uma derrota em 18 jogos disputados.

Na primeira fase, o Tricolor venceu cinco jogos e empatou três, passando na segunda colocação do Grupo A. Na etapa seguinte, mesmo estreando com derrota para o Vitória, o São Paulo deu a volta por cima e dali em diante venceu todos os jogos. Passou como líder do Grupo C, bateu o Coritiba com duas vitórias nas semifinais e fez o mesmo com o Internacional na decisão, com os placares de 1 a 0 e 2 a 1.

COPA DO BRASIL SUB 20
A conquista do título do Aspirantes veio em Novembro, mas antes disso o São Paulo já tinha levantado um caneco em julho, ao conquistar o título da Copa do Brasil Sub 20, em cima do seu arquirrival Corinthians. Também com uma campanha irretocável, o Tricolor passou por Brasil de Pelotas, Chapecoense, Vasco, Palmeiras, antes de chegar a decisão.

No primeiro jogo da final, com direito a Arena Itaquera lotada, o Corinthians venceu pelo placar de 2 a 1. Mas no segundo jogo, o São Paulo não deu chance para o rival no Morumbi e fez logo 4 a 0 com direito a muita festa, para ficar com o terceiro título da competição em sua história.

BRASILEIRO SUB 20
Das competições Sub 20, a única taça que não ficou com o São Paulo foi a do Brasileiro Sub 20. Seja pelo destino ou não, o Palmeiras seguiu os rumos do time profissional e também levantou a taça do Campeonato Brasileiro dessa categoria, marcando o nome do clube na história do futebol brasileiro mais uma vez.

A campanha do Palmeiras até o título no Sub 20 também foi sensacional. Na primeira fase, o alviverde liderou com folga o Grupo B, posteriormente, na segunda etapa, sofreu a única derrota na competição, mas também terminou na primeira colocação. Nas semifinais, contra o Fluminense, vitória no primeiro jogo por 2 a 0 e empate por 1 a 1 na volta. Para coroar o título, duas grandes vitórias na decisão, por 4 a 1 e 5 a 2.

SUPERCOPA SUB 20
Nessa temporada, a CBF uniu os dois campeões no sub 20 – da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro – para um embate que valia a Supercopa e uma vaga na Libertadores da categoria na próxima temporada. E mais uma vez o São Paulo mostrou a sua força na base e conquistou o terceiro título no ano.

No primeiro jogo, o São Paulo venceu no Morumbi por 4 a 3. A partida de volta, disputada no Allianz Parque teve vitória dos donos da casa por 2 a 1, levando a decisão para os pênaltis. O goleiro Júnior foi o grande nome da conquista, defendendo a cobrança de Wesley.

BRASILEIRO FEMININO A1
Após anos na fila, o Corinthians enfim conseguiu conquistar o título do Campeonato Brasileiro Feminino da Série A1 e as meninas do Parque São Jorge entraram para a história do clube.

A campanha começou de forma invicta e com a liderança do Grupo 01. Na fase seguinte, duas vitórias sobre a Ponte Preta. Já a semifinal, contra o Flamengo, dois jogos equilibrados e emocionantes. Na partida de ida, derrota por 2 a 1 na Gávea. No confronto de volta, vitória por 4 a 2 no Parque São Jorge. Por fim, na decisão diante do Rio Preto, 1 a 0 para o Timão no primeiro jogo e uma goleada por 4 a 0 no segundo confronto.

BRASILEIRO FEMININO A2
Logo na primeira participação em torneios organizados pela CBF, o Minas Icesp-DF mostrou a sua força e conquistou o título do Campeonato Brasileiro Feminino da Série A2 e conquistou o direito de disputar a primeira divisão em 2019.

A campanha começou ainda na fase preliminar, onde o Minas Icesp-DF venceu o Canindé por 10 a 0. Depois, na etapa de grupos, o time passou em segundo lugar do Grupo 14. Na semifinal, contra o 3b Sport-AM, vitória no primeiro jogo por 2 a 1 e empate na volta por 1 a 1. A final contra o Vitória foi decidida nos pênaltis, e a goleira Kris defendeu a última cobrança da equipe rubro-negra e deu o título para o Minas Icesp-DF.

COPA DO NORDESTE SUB 20
Ao lado do ‘grande campeão São Paulo’, o ano de 2018 foi mesmo de Palmeiras e Fortaleza, que conseguiram levar dois títulos. Além do Campeonato Brasileiro da Série A e B, respectivamente, o alviverde levou o Brasileirão Sub 20 e o Leão do Pici ficou com o título da Copa do Nordeste Sub 20.

Para chegar até o título, a campanha do Fortaleza começou com 100% de aproveitamento na fase de grupos. Na semifinal, empate por 1 a 1 com o River-PI e vitória nos pênaltis. Na final, contra o Bahia, um roteiro de filme. O jogo estava empatado em 1 a 1 até os 38 do segundo tempo, quando Caio fez um golaço de falta e colocou os baianos na frente. No entanto, o Leão ainda teve forças para se recuperar e empatou aos 40, com Victor Cariri. Nas penalidades, vitória por 4 a 2 e o título do Nordestão Sub-20.

COPA DO BRASIL SUB 17
A Copa do Brasil Sub-17 de 2018 é rubro-negra! Após o empate no primeiro jogo da decisão, o Flamengo venceu o Fluminense por 1 a 0 e ficou com a taça do torneio nacional. No Maracanã, o camisa 10 Reinier fez o gol que deu o título inédito ao clube da Gávea.